Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Liderança da UFPR no combate à pandemia propicia ações institucionais articuladas entre pesquisadores e sociedade

As universidades e a ciência são protagonistas da sociedade em diversos aspectos e a todo o momento. Em situações críticas, como incerteza econômica, colapso na saúde e pandemias, tal qual a causada pela Covid-19, o valor e a relevância dessas entidades se intensificam e, a partir da crise, surgem ideias, ações e soluções inovadoras. Nessas circunstâncias, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) se torna uma das principais referências no estado, a partir da organização de ações integradas e institucionalizadas e de parcerias com os demais segmentos e setores da sociedade, em que indivíduos da comunidade e empresas privadas têm se mostrado fortes aliados.

Confira algumas iniciativas da  UFPR, de instituições privadas e de populares que têm transformado a sociedade se apresentado essenciais no combate ao coronavírus:

UFPR produz álcool para atender demanda de diferentes regiões do Paraná

Laboratórios e equipes da UFPR estão atuando na produção de formulações de álcool, produto essencial para prevenção e controle da pandemia do Coronavírus. No campus de Jandaia do Sul, por exemplo, somente em um dia foram produzidos 700 litros do álcool 70% glicerinado. Em Palotina, foram 125 litros da formulação teste. Setenta litros do produto também foram doados para redes de banco de sangue do estado via Pró-reitoria de Administração (PRA).

O Laboratório de Biologia Molecular da UFPR Litoral produziu, com a colaboração de servidores da instituição, 100 litros de álcool 70 (líquido). Esse material e doze caixas de luvas descartáveis foram doados para secretaria de saúde do município de Guaratuba. O Centro de Estudos do Mar, do campus Pontal do Paraná entregou à comunidade terapêutica Missão Resgate, no balneário de Shangrilá, desinfetantes produzidos por professores de Química.

O Departamento de Química da universidade recebeu 100 quilos de um espessante para a produção de álcool em gel. O polímero foi doado pela empresa MC Química e com a matéria-prima será possível produzir até mil litros do produto. O departamento ainda recebeu dois mil litros de etanol, doados pela BR Distribuidora, que serão utilizados para a produção de álcool em gel e outros sanitizantes.

O Laboratório de Espectrometria de Massas (LabFenn), em Jandaia do Sul, está produzindo álcool 70% glicerinado para distribuição gratuita a hospitais e postos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) no Paraná, além de instituições beneficentes com pessoas do grupo de risco.

UFPR participa da produção de máscaras de proteção ao Coronavírus em impressoras 3D

Laboratórios da UFPR estão participando de uma ação integrada para a impressão de equipamentos utilizados como proteção de equipes de saúde à frente da pandemia de Coronavírus. As impressoras 3D da instituição produzem estruturas para as máscaras, recurso indispensável para o atendimento de casos suspeitos e confirmados do vírus.

Em Jandaia do Sul, um grupo da instituição dividiu o trabalho por regiões, em seus diversos campi, justamente para suprir demandas locais. Apenas em uma das unidades duas impressoras trabalham diariamente, 24 horas por dia, com capacidade de produção de 20 máscaras.

Em Curitiba, o Departamento de Expressão Gráfica, coordena a produção de cerca de 20 unidades diárias, trabalho executado por três equipamentos. A linha de produção também conta com um cuidado da higienização do material, ensacado para não permitir contaminação.
Com foco na meta de fabricar em maior escala o protetor facial (face shield), um dos equipamentos de proteção individual (EPI) usados por profissionais de saúde em hospitais, estudantes da UFPR fizeram uma vaquinha virtual para atender à demanda dos hospitais de Curitiba.

A doação foi aberta pela empresa júnior de Engenharia Mecânica, a CoemJr, para subsidiar o trabalho de pessoal de diversos departamentos da universidade reunidos em torno do projeto de extensão Engenhar-Mec, do Departamento de Engenharia Mecânica (Demec), especializado em impressoras 3D.

Estudantes de Medicina de Toledo auxiliam rede de saúde no combate à dengue e ao Coronavírus

Mesmo com as limitações impostas pela suspensão do calendário acadêmico, como o fechamento dos restaurantes universitários, por exemplo, um grupo de cerca de 60 estudantes de Medicina do campus de Toledo está fazendo a diferença no combate à pandemia do Coronavírus. Eles estão organizados em quatro frentes de trabalho, desempenhando tarefas na prefeitura, unidades básicas de saúde e no Hospital Bom Jesus.

Parte destes alunos atua na Vigilância Epidemiológica, onde auxiliam no preenchimento das fichas de notificação de dengue, epidêmica na região. Eles também terão a tarefa de atuar na notificação de coronavírus, quando houver registro de casos. Os acadêmicos de sexto, sétimo e oitavo períodos estão distribuídos em vários locais da cidade, inclusive onde há rede privada de saúde, auxiliando na teleorientação de pacientes. Já os estudantes do internato estão nas unidades básicas de saúde e no hospital de referência do SUS em Toledo. Lá, eles fazem triagens de casos de dengue e da síndrome gripal, com o auxílio das equipes médicas e de enfermagem.

Engenheiros da UFPR fazem manutenção e consertos em respiradores hospitalares

O curso de especialização em Engenharia da Manutenção 4.0 criou o grupo “Médicos de máquinas”, com o objetivo de, gratuitamente, colocar em funcionamento respiradores hospitalares que não estejam operando.

Foto: Arquivo pessoal

Os engenheiros, que são focados em máquinas da indústria automotiva e petrolífera, resolveram abraçar, mesmo sem experiência, a área hospitalar. Em seguida, a iniciativa ganhou o apoio de especialistas da área da saúde, de engenheiros clínicos do Hospital de Clínicas da UFPR e de engenheiros voluntários. Como não há financiamento, o grupo se voluntaria para realizar a mão de obra, consertando, instalando e fazendo a manutenção dos respiradores parados.

UFPR disponibiliza link com artigos científicos traduzidos sobre Coronavírus

O curso de Medicina do Campus de Toledo disponibiliza gratuitamente a tradução dos principais artigos científicos publicados em revistas de renome internacional sobre o Coronavírus. A ação é conduzida por acadêmicos e professores do curso e o objetivo é disponibilizar à comunidade, e em especial aos profissionais de saúde, informações atualizadas que auxiliem na disseminação de conhecimento sobre o assunto e no enfrentamento da pandemia.

Centro de escrita da UFPR abre inscrições para traduzir artigos científicos sobre Covid-19 de qualquer instituição

Estão abertas até o dia 1º de junho as inscrições para o edital “Especial Covid-19”, para pesquisadores de qualquer instituição. A iniciativa do Centro de Assessoria de Publicação Acadêmica (Capa) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) oferece tradução e revisão gratuita para artigos científicos que tenham relação direta com o novo coronavírus. Mesmo à distância, o centro de escrita trabalha para ampliar o conhecimento e compartilhamento de novas informações sobre a doença.

Apoio aos profissionais do HC

Os profissionais da saúde do Hospital de Clínicas da UFPR estão atuando na linha de frente no combate à Covid-19 e têm recebido reconhecimento e incentivo da sociedade das mais variadas formas.

A Supimpa Casual Food doou 30 pizzas aos funcionários em plantão no Hospital. O McDonald’s fez a doação de 842 refeições para o HC e para o Hospital Santa Cruz, em Curitiba, como forma de gratidão pelo trabalho prestado durante a pandemia de Covid-19.

Já a professora do curso de Administração, Márcia May, teve uma iniciativa que leva doces para equipes de saúde e ajuda confeiteiros de Curitiba. O projeto de economia solidária ajuda pequenos confeiteiros de Curitiba neste período de pandemia, enquanto os profissionais de saúde recebem doces e bolos como forma de agradecimento por estarem na linha de frente no combate ao coronavírus.

Profissionais de saúde do HC que atuam no combate à pandemia do novo Coronavírus contarão com alojamento adaptado no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, que terá como finalidade principal proteger as famílias contra contágio. Com o apoio da Associação Amigos do HC e a cessão do Coritiba Futebol Clube, o alojamento deve começar a funcionar na próxima terça-feira (7).

Confira outras iniciativas e projetos no combate ao coronavírus.

Sugestões

Museu paranaense de ciências forenses recebe a UFPR para visita técnica
Grupo de pesquisadores em Divulgação Científica da UFPR conhecem o Museu Paranaense de Ciências Forenses A...
UFPR sobe e está entre as 3,7% melhores instituições do mundo
A Universidade Federal do Paraná (UFPR) está entre as melhores do mundo na edição 2024 da lista global...
Vídeo da UFPR no Instagram viraliza e atinge 1 milhão de visualizações
Um vídeo publicado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em seu perfil oficial no Instagram alcançou...
Cenacid UFPR presta apoio para avaliar áreas afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul
Uma equipe do Centro de Apoio Científico em Desastres (Cenacid) da Universidade Federal do Paraná (UFPR)...