Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Linha do Tempo

Iniciativa precursora
A primeira iniciativa de estabelecer uma universidade no Paraná já ocorrera em 1892, liderada pelo advogado, historiador e jornalista Francisco da Rocha Pombo, membro da Academia Brasileira de Letras. Apesar de ter obtido a concessão do Governo do Paraná, quando Curitiba contava com apenas vinte mil habitantes, a ideia não pôde ser concretizada.


Fundação da Universidade do Paraná
Em 19 de dezembro de 1912, Victor Ferreira do Amaral e Silva, médico, deputado e diretor de Instrução Pública do Estado, lidera a criação efetiva da Universidade, sob o lema Scientia et Labor – Ciência e Trabalho. São criados os cursos de Ciências Jurídicas e Sociais, Engenharia, Odontologia, Obstetrícia, Farmácia e Comércio, além de um curso preparatório.


Lançada a pedra fundamental do edifício central
No dia 30 de agosto, em terreno doado pela prefeitura – atualmente a Praça Santos Andrade – Victor Ferreira do Amaral e Silva inicia a construção do Prédio Central da Universidade do Paraná.


Edifício Carlos Cavalcanti
O curso de Agronomia, criado em 1918, é instalado no Edifício Carlos Cavalcanti, construído cinco anos antes no programa de Escolas para Trabalhadores Rurais. Atualmente, espaço contempla o campus Juvevê, que compreende o Setor de Ciências Agrárias, Hospital Veterinário e Núcleo de Concursos.


Federalização da Universidade do Paraná
No dia 4 de dezembro a universidade torna-se uma instituição pública, oferecendo ensino gratuito e garantindo sua consolidação e expansão.


Início da construção do Hospital de Clínicas
Entre as comemorações do centenário da emancipação política do Paraná, a construção do Hospital de Clínicas representa uma obra de engenharia das mais complexas.


Remodelação e ampliação do edifício central
Marcado pelo estilo Neoclássico, o prédio na Praça Santos Andrade renasce como uma das mais belas obras arquitetônicas do país. A reforma visava à inserção de outros cursos universitários no espaço, que era ocupado em sua grande maioria pelo curso de Medicina. Atualmente o prédio central da UFPR é o símbolo de Curitiba.


Construção do complexo da Reitoria
Projetado pelo arquiteto David Xavier de Azambuja e considerado um dos mais importantes marcos da arquitetura modernista em Curitiba, o complexo da Reitoria foi planejado inicialmente para abrigar os cursos de Filosofia, Ciências e Letras. Em 1999, a obra é tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Estadual.


Inauguração do Centro Politécnico e do Hospital de Clínicas
Engenharia, tecnologia e modernidade foram empregados na área de vinte alqueires doada pela prefeitura. O prédio abriga espaços de ensino e convivência, além de laboratórios e centros de pesquisa.


Inauguração do Campus Palotina
A cidade de Palotina, a 600 km de Curitiba, recebe o curso de Medicina Veterinária. O campus está instalado em área própria de 13.500 m². Atualmente o espaço abriga outros sete cursos de graduação, além de oito programas de pós-graduação.


Inauguração do Campus Jardim Botânico
O campus comporta as mais recentes edificações da UFPR e sedia os setores de Ciências da Saúde, Escola de Florestas e Ciências Sociais Aplicadas.


Inauguração da UFPR Litoral
O novo campus da UFPR abriga cursos tecnólogos e de graduação, com o objetivo principal formar cidadãos e profissionais que irão promover o desenvolvimento socioeconômico do litoral do Paraná.


Campus Rebouças
Cessão do edifício Teixeira Soares, prédio histórico da antiga Rede Ferroviária Federal, à UFPR. Nos anos seguintes, o campus passa por diversas obras.


Campus Cabral
A UFPR compra do INSS a área onde está o Departamento de Comunicação Social, no bairro Cabral. No local, estão instalados a Reserva Técnica do MAE (Museu de Arqueologia e Etnologia) e o Polo de Comunicação.


Implantação do Campus Jandaia do Sul
O Campus Avançado de Jandaia do Sul é implantado em fevereiro de 2014 com início das aulas dos calouros dos cursos de Ciências Exatas, Computação, Engenharia de Alimentos, Engenharia Agrícola e Engenharia de Produção.


Criação do Campus Toledo
Após adesão ao Programa de Expansão do Ensino Médico do MEC, há implantação do segundo curso de Medicina da UFPR, no município de Toledo. As atividades do curso começam em março de 2016 e, em 2018, a universidade inaugura a nova sede, com estrutura ampla de moderna.


Instalação do Campus Rebouças
O campus passa a abrigar o Departamento de Turismo e parte do Setor de Educação. Dois prédios são ocupados: O Edifício Teixeira Soares, construção da década de 1940, declarada Unidade de Interesse de Preservação do município de Curitiba; e o Anexo A, recém-construído, com 2.177 metros quadrados.


Criação do Polo EaD Terra Roxa
Aprovado em 2018 pelo Ministério da Educação, o Polo de Educação a Distância, no município de Terra Roxa, iniciou as atividades em 2020 com a oferta do curso de Administração Pública.


Fontes:
BURMESTER, Ana Maria de O., et al. Universidade Federal do Paraná: 90 anos em construção. Curitiba: Ed. UFPR, 2002.

SIQUEIRA, Márcia D. UFPR: Centenário. Curitiba: Ed. UFPR, 2013.

SIQUEIRA, Márcia D. Universidade Federal do Paraná: 100 anos. Curitiba: Ed. UFPR, 2012.


pt_BRPortuguese