Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

SPIn UFPR faz levantamento de empresas-filhas, as ligadas à comunidade da instituição; veja como informar

Mapeamento contínuo busca subsidiar ações de incentivo e fomento ao empreendedorismo, ajudar em rankings e informar impacto social

Egressos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) que hoje têm empresa ou startup são o foco do mapeamento contínuo da Superintendência de Parcerias e Inovação (SPIn) da UFPR sobre empresas-filhas da instituição.

A superintendência mantém um formulário on-line para ser preenchido pelos responsáveis por esses empreendimentos, disponível neste link.

Segundo Pedro Henrique Cademartori, diretor da Agência de Inovação da SPIn, a ideia é que a universidade possa mensurar o impacto da sua atuação nos ecossistemas de inovação e empreendedorismo regionais, nacional e internacional.

De posse dessas informações, a superintendência terá mais meios de captar recursos a fim de subsidiar ações de incentivo e fomento em prol de empreendimentos da sua comunidade acadêmica.

Outro objetivo do mapeamento é melhorar os dados que são utilizados em ranqueamentos universitários, entre eles o Ranking de Universidades Empreendedoras (RUE) da Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior), e as informações sobre as contrapartidas sociais da UFPR.

“A comunicação de efeito também serve como inspiração, seja para ingresso na universidade, seja para demonstrar a referência que queremos ocupar em empreendedorismo, mas entendemos que o mais importante é a devolutiva à sociedade”, explica Cademartori, que é professor do Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal (DETF) da UFPR.

“Com esses demonstrativos, captaremos mais e melhores recursos para nossas atividades”.

Projeção

Com base em pesquisa interna, a Unidade Promotora de Ambientes de Inovação da Agência de Inovação avalia que somente na última década mais de 1,5 mil empreendimentos foram iniciados por egressos da UFPR.

Atualmente a UFPR tem uma comunidade interna de cerca de 42 mil pessoas, entre estudantes e servidores, em seis cidades paranaenses.

A agência também pretende se aproximar mais desses negócios, colocando à disposição serviços como incubação e pré-incubação, que apoiam o desenvolvimento e a tração de empreendimentos.

“A Agência de Inovação da SPIn tem papel importante junto a comunidade interna e externa, mas buscamos ainda mais reconhecimento para a UFPR em nível nacional e internacional. Assim demonstrando o potencial dos trabalhos desenvolvidos por discentes, docentes e técnicos, que podem se refletir quando novos empreendimentos surgem na sociedade”.

Sugestões

Nota à Comunidade Acadêmica sobre o fim da greve dos professores
Em assembleia realizada na data de hoje (20/06), convocada pela Associação dos Professores da UFPR (APUFPR),...
Aluna da UFPR vence Congresso Internacional de Educação Médica e Inovação com startup
Entre os dias 08 e 10 de junho, Letícia Farias de Souza, aluna do 11º período do curso de Medicina da...
Aluno da UFPR recebe premiação na 47ª Reunião Anual da SBQ
No período de 22 a 25 de maio aconteceu a 47ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, ...
Projeto de Extensão da UFPR realiza podcast mensal; saiba mais
O Eduquê é um podcast mensal que promove a partilha de conhecimento qualificado por ativistas e acadêmicos...