Projeto de Extensão do Curso de Medicina da UFPR realiza cirurgias em Guaraqueçaba

17 junho, 2024
13:00
Por Bruna Soares
Extensão e Cultura

O projeto conhecido como Cirurgilhas visa proporcionar acesso a cirurgias ambulatoriais para a população do litoral paranaense que tem no deslocamento por mar um grande obstáculo para realizar procedimentos frequentemente rápidos e que requerem poucos recursos. Essas cirurgias são fundamentais para tratar lesões que comprometem tanto a saúde física e mental dos pacientes.

Nos dias 8 e 9 de junho,  ocooreu a 5ª ação do Projeto de Extensão Cirurgilhas, no município de Guaraqueçaba. Foram avaliados 45 pacientes, dos quais 31 necessitaram de intervenções cirúrgicas. Como alguns pacientes apresentavam mais de uma lesão, foi realizado um total de 69 procedimentos de cirurgia ambulatorial. Somando todas as cinco ações realizadas o alcance foi de 337 procedimentos em 150 pacientes.

Foto: Acervo UFPR

 A iniciativa, que já realizou ações anteriores na cidade, contou com a participação de profissionais de saúde e voluntários que trabalham incansavelmente para atender os pacientes. Entre os procedimentos, foram realizadas cirurgias ambulatoriais de pequeno porte, abrangendo uma variedade de condições.

Destacamos que a incidência de lesões confirmadas de câncer de pele não melanoma na população atendida foi alta, superando a média observada na população em geral. Além disso lesões consideradas benignas, causam impacto funcional e psicológico e muitas persistiam há mais de uma década. Essas lesões foram tratadas com um tempo cirúrgico mínimo, raramente ultrapassando 30 minutos. A maioria dos pacientes apresentou uma expectativa de recuperação inferior a 10 dias.

O projeto de extensão é coordenado pela Professora professora Silvania Klug Pimentel do departamento de cirurgia e resulta de uma parceria de grande sucesso entre departamento de Cirurgia do Curso de Medicina e Departamento de Enfermagem, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o governo do estado do Paraná via FUNEAS, e a Prefeitura de Guaraqueçaba por meio da Secretaria Municipal de Saúde Guaraqueçaba e região. A secretaria de Saúde, Joelma Marchiori, também destacou a importância da ação para o setor de saúde da cidade.

A equipe médica, composta por especialistas e cirurgia geral, enfermagem e medicina, tem como objetivo a realização de procedimentos ambulatoriais com anestesia local. Dentro os casos atendidos, estão tumosres de pele, cistos, lipomas, unhas encravada, corpos estranhos e abcessos.

A equipe foi composta pelos estudantes de medicina: Sofia Júlio Mastey, Anne Caroline Braz, Flávia  Pecine Payan, Bruna Carla Hendges, Lucas Raphael Oliveria de Oliveira, Cristiane Almeida Stahlschmidt e Camila Yukari Paiva Miyasaki e estudantes de enfermagem: Eduarda Cristini Batista Cirino, Giovans Immich Martins, Isabelle Costa Ferreira e Beatriz Petters sob supervisão da professora Fernanda Moura D’Almeida Miranda e o médico ortopedista Werveley Rubele Valenza.

Foto: Acervo UFPR

Os pacientes operados receberam cuidados pós-operatórios e foram encorajados a seguir recomendações médicas para recuperação rápida e completa. A comunidade local expressou sua gratidão aos profissionais e voluntários que fizeram possível essa iniciativa tão benéfica.

Foto: Acervo UFPR

O projeto agradece  o apoio da direção do Hospital Regional de Guaraqueçaba – Enferefira Julcinha , enfermeira Elenore e enfermeira Fabiane, da FUNEAS – médica dermatologista Lígia Márica Mário Martín, do  Complexo do Hospital de Clínicas da UFPR (CHC) – Unidade de Processamento de Materiais Esterilizados (UPME) doutora Ana Paula Modesto e do Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba- Presidente Sérgio Burtka.

Com informações do departamento de medicina e enfermagem da UFPR

Sugestões

18 julho, 2024

Cartazes e panfletos resultantes da parceria de projetos de extensão serão apresentados em evento aberto à comunidade nesta sexta-feira (19) no Campus Jardim Botânico, em Curitiba.

18 julho, 2024

Respeitada a disponibilidade orçamentária institucional, a Prograd pode disponibilizar até 500 vagas de monitoria, das quais 100 serão reservadas à modalidade Fluxo Acadêmico.

18 julho, 2024

A Universidade Federal do Paraná (UFPR), através da rede Coalizão Paraná pela Década do Oceano, em parceria com […]

17 julho, 2024

Pesquisadores do C3SL e do VRI vão trabalhar com IA sobre o arquivo histórico da Academia de Ciências de Berlim-Brandemburgo.