Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Projeto de extensão da UFPR busca membros para construir aeronave radiocontrolada

Equipe multidisciplinar Burning Goose Aerodesign seleciona estudantes de qualquer graduação da UFPR para participar de competição nacional

A competição nacional SAE Brasil Aerodesign, que reúne equipes de estudantes para construir aeronaves controladas por rádio, é o foco do projeto de extensão Burning Goose Aerodesign, da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

À procura de novos membros, o projeto está com inscrições abertas até o dia 15 de março para o seu processo seletivo, do qual pode participar qualquer estudante da UFPR, de qualquer graduação.

O edital está disponível neste link. Já o formulário de inscrição pode ser acessado aqui.

Criado há mais de 20 anos, projeto Burning Goose Aerodesign desenvolve aeronaves para competição e faz atividades de divulgação científica sobre engenharia aeronáutica. Foto: Divulgação

Segundo Celestia Piccioni, que é estudante de Física da UFPR e capitã administrativa da equipe, o projeto se organiza em áreas que abarcam diversas especialidades de conhecimento.

A área de projeto, que trata de desenvolver a aeronave, conta com as seguintes divisões:

  • Integração: coordena as demais áreas, organiza o cronograma e decide o formato do avião com MDO, um algoritmo em Pyhton desenvolvido pela equipe;
  • Aerodinâmica: define e estuda as interações do formato do avião com o ar;
  • Estabilidade e controle: cuida das superfícies de controle e estabilizadores, para manter o avião estável;
  • Desempenho: cuida do motor e hélices, das velocidades durante o voo e condição meteorológica;
  • Cargas e aeroelasticidade: estuda quais forças e torques são sofridas pelas diferentes peças do avião;
  • Estruturas: dadas as forças aplicadas no avião, estruturas modela as peças e estrutura do avião;
  • Elétrica: cuida do sistema elétrico do avião; e
  • Sistemas embarcados: cuida dos receptores que captam informações e dados durante o voo.

A parte administrativa conta com gestão de recursos (financeiro e marketing), gestão de pessoas e extensão (planejamento de eventos de divulgação científica).

Atuação

Além da participação na competição, na qual as equipes projetam, constroem e fazem planos de voo para as aeronaves, o projeto atua em divulgação científica. A atividade principal é apresentar o projeto em escolas e feiras, estimulando estudantes da educação básica a cursarem engenharia.

Também promove aulões de física, palestras, cursos e elabora materiais educativos.

Desde a sua criação, em 2001, a Burning Goose já desenhou 28 aeronaves e teve cerca de 200 membros. Em 2023, levou conhecimentos sobre engenharia aeronáutica para mais de 2 mil alunos da educação básica de Curitiba.

Na SAE Brasil Aerodesign, a equipe conquistou duas menções honrosas, uma em 2007 (configuração mais inovadora) e outra em 2020 (superação em estabilidade e controle).

Mais informações no site do projeto

Acompanhe o projeto no Instagram

Sugestões

Ministra da cultura participa do lançamento do LabCD e do Projeto Mapas da UFPR
A solenidade também marca a abertura do Seminário Nacional de Cultura Digital e o lançamento do Comitê...
Nota à Comunidade Acadêmica sobre o fim da greve dos professores
Em assembleia realizada na data de hoje (20/06), convocada pela Associação dos Professores da UFPR (APUFPR),...
Aluna da UFPR vence Congresso Internacional de Educação Médica e Inovação com startup
Entre os dias 08 e 10 de junho, Letícia Farias de Souza, aluna do 11º período do curso de Medicina da...
Aluno da UFPR recebe premiação na 47ª Reunião Anual da SBQ
No período de 22 a 25 de maio aconteceu a 47ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, ...