Imagem Padrão

Painel vencedor do concurso em homenagem ao centenário de “Ulysses” estampa parede da Reitoria

08 junho, 2022
10:12
Por Lais Murakami
Ciência e Tecnologia

O décimo sétimo episódio da obra “Ulysses”, de James Joyce, tem como cenário a casa de Leopold Bloom, personagem principal da história, e as constelações celestes como símbolo. O retorno do herói à sua casa é o enredo desse trecho do livro e foi a inspiração de Fabiana Faversani Vieira para a pintura do painel vencedor do concurso cultural “Ulysses 100 Pelos Olhos Brasileiros” da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em parceria com a Embaixada da Irlanda no Brasil.

Desde sábado (4), o mural estampa o hall de entrada na Livraria da Editora UFPR, recém-inaugurada no Complexo da Reitoria. A arte é homenagem ao centenário da publicação do romance do escritor irlandês James Joyce e concorreu com outras produções de estudantes e egressos da UFPR.

Painel retrata o 17º episódio do Livro Ulysses, de James Joyce, intitulado “ítaca”. Fotos: Marcos Solivan

Fabiana é formada em Gravura pela Escola de Música e Belas Artes, mas também tem um pé na literatura e, atualmente, está cursando Letras na UFPR. Para produzir a arte, ela leu pela terceira vez o livro de Joyce, dessa vez de forma mais atenta, buscando elementos que pudessem conduzir sua criação. “Participar do concurso era uma oportunidade de reler Ulysses de uma maneira nova, pensando em imagens e em como traduzi-lo para uma linguagem gráfica”.

Ela conta que o mural foi pensado em três partes: hospitalidade e nostos (tema usado na literatura grega antiga que inclui um herói épico voltando para casa por mar), melancolia de Bloom e atos de Bloom. “Esses três grupos narrativos, em diagonal descendente, são encimados pelas estrelas e as constelações citadas no decorrer do capítulo”.

O esboço da gravura, inicialmente feito em formato A3, foi transferido pela artista para as dimensões do painel. Em seguida, ela passou cerca de 20 dias pintando a obra. A pintura foi realizada com tinta acrílica sobre lonita e, posteriormente, foi colada com resina acrílica na parede. “Contei com preciosas ajudas, pelas quais sou para lá de grata, em todas as etapas”.

Apesar de agora estar muito contente com o processo, que considerou como sendo incrível, a estudante de Letras revela que, no início, sentiu que não estaria à altura e se questionou se estava na direção pertinente. Mas ao final dessa etapa, ela se considera satisfeita por ter deixado algo para a comunidade acadêmica. “É uma retribuição pelo excelente ensino e suporte que recebi nos últimos anos. Também é o diálogo com uma obra tão renovadora e importante para a literatura, e, de todas as formas, para mim”, enfatiza.

Segundo Caetano Galindo – um dos grandes especialistas brasileiros em James Joyce e vencedor do maior prêmio da literatura brasileira, o Jabuti, por sua primeira tradução de Ulysses – a obra de Fabiana é uma ilustração perfeita de uma série de elementos muito importantes do episódio, além de representar também uma síntese muito adequada do espírito e do “tom” daquele momento do livro.

Fabiana pinta o mural em seu ateliê

“Ela demonstrou ali não só ser uma grande artista, mas também, e talvez especialmente, a profundidade da leitura que ela realizou. Fica quase como um desafio para os leitores e para os futuros leitores do Ulysses encontrar no mural, que eu espero que fique ali por muitos anos, a totalidade dos elementos, por vezes muito discretos, que ela conseguiu incluir”, ressalta o pesquisador do Departamento de Linguística, Letras Clássicas e Vernáculas da UFPR, que esteve envolvido em todas as etapas do concurso.

Segundo colocado

A segunda colocação do concurso cultural ficou com o estudante Jeferson Pereira de Sousa, do curso de Engenharia de Alimentos no Campus Avançado Jandaia do Sul. Apesar de sua graduação ser em uma área que não está relacionada às artes, Jeferson já tem experiência participando de concursos e competições de desenhos. Entretanto, ele acredita que essa participação foi especial, principalmente por estar inserida no meio acadêmico.

Desenho de Jeferson apresenta vários elementos artísticos com referências à obra na sua perspectiva. Foto: Arquivo Pessoal

“Pensei em me conectar com a essência da história contada no livro e com as características do autor, mesclando com a minha perspectiva. Estou muito orgulhoso pela oportunidade. Sempre pensei em fazer algo para levar a minha arte a novos horizontes e fazer parte disso foi incrível”, relata.

Confira mais fotos na galeria:


Leia outras matérias relacionadas:

https://ufpr.br/noticias/100-anos-de-ulysses-pesquisador-da-ufpr-lanca-traducao-revisada-da-obra-literaria-de-james-joyce/

https://ufpr.br/noticias/ulysses-alunos-da-ufpr-podem-participar-de-concurso-em-homenagem-ao-centenario-da-obra-de-james-joyce/

Sugestões

18 julho, 2024

Cartazes e panfletos resultantes da parceria de projetos de extensão serão apresentados em evento aberto à comunidade nesta sexta-feira (19) no Campus Jardim Botânico, em Curitiba.

18 julho, 2024

Respeitada a disponibilidade orçamentária institucional, a Prograd pode disponibilizar até 500 vagas de monitoria, das quais 100 serão reservadas à modalidade Fluxo Acadêmico.

18 julho, 2024

A Universidade Federal do Paraná (UFPR), através da rede Coalizão Paraná pela Década do Oceano, em parceria com […]

17 julho, 2024

Pesquisadores do C3SL e do VRI vão trabalhar com IA sobre o arquivo histórico da Academia de Ciências de Berlim-Brandemburgo.