Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Museu paranaense de ciências forenses recebe a UFPR para visita técnica

Grupo de pesquisadores em Divulgação Científica da UFPR conhecem o Museu Paranaense de Ciências Forenses

A equipe de pesquisadores da Universidade Federal do Paraná que esteve no dia 15 de maio no Museu Paranaense de Ciências Forenses (MPCF), na sede do centro da Instituição para uma visita técnica.

A equipe é formada por acadêmicos de graduação e de pós-graduação dos Setores de Exatas, Biológicas, Saúde, Tecnologia, Educação e Litoral. Os responsáveis são os docentes e orientadores Rodrigo Arantes Reis, Emerson Joucoski, Marcelo Valério e Luciana Schelder Gonçalves, todos envolvidos com diferentes projetos do NAPI (Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação), do Programa Paraná Faz Ciência.

Foto: LabMóvel UFPR Litoral – Rede DC UFPR

As anfitriãs da visita foram a Bióloga, Perita da Polícia Científica e diretora responsável do museu, Fabíola Schützenberger Machado, e a monitora Bruna França, que acolheram o grupo da UFPR em uma animada roda de conversa, ao lado das gavetas geladas do antigo Instituto Médico Legal de Curitiba.

O coletivo teve a oportunidade de conhecer a história centenária do Museu Paranaense de Ciências Forenses (MPCF), visitar suas instalações, seu acervo e bastidores, além de discutirem sobre as próximas exposições. Entre as muitas curiosidades, o fato de que um dos fundadores da UFPR também está nas origens do MPCF, o Dr. Victor Ferreira do Amaral 

O encontro terminou com a perspectiva de novos diálogos e parcerias futuras, reunindo o conhecimento dos pesquisadores em educação e divulgação científica com a prática da equipe do museu, enquanto o espaço e seu acervo se oferecem como campo e objeto para as pesquisas do grupo.

Para o articulador da visita, o pesquisador do Paraná Faz Ciência, Dr. Jailson Rodrigo Pacheco, a importância do encontro está no fato de que “precisamos reconhecer as diversas ações de divulgação científica do estado do Paraná e refletir sobre como essas iniciativas podem se incorporar aos Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação (NAPI) Paraná Faz Ciência, para, então, potencializar estratégias para o fortalecimento institucional.”

Do mesmo modo, a coordenadora do Museu, bastante animada com as novas ideias, declarou que “receber a equipe do Paraná Faz Ciência foi muito interessante para a gente, porque mostrou um mundo de possibilidades, de coisas que nós podemos fazer em Divulgação Científica dentro das Ciências Forenses. Mas, mais do que mostrar possibilidades, nos permitiu perceber que uma Rede de Divulgação Científica pode ser um apoio para a execução de ideias. Além disso, o trabalho do museu é um pouco solitário e carece, justamente, de integração com outros espaços e pessoas da Divulgação Científica”

Para saber mais sobre o Museu Paranaense de Ciências Forenses, acesse aqui.

Com informações do professor Marcelo Valério, do Setor de Educação da UFPR

Sugestões

Projeto de Extensão da UFPR realiza podcast mensal; saiba mais
O Eduquê é um podcast mensal que promove a partilha de conhecimento qualificado por ativistas e acadêmicos...
NC/UFPR promove encontro de elaboradores de provas para concursos e processos seletivos
Cerca de 140 pessoas participaram, no último domingo (16), do “Encontro de elaboradores de prova”, realizado...
Simepar prevê inverno com pouca chuva, altas temperaturas e rápidas ondas de ar frio; saiba mais
Todo esse fenômeno será sob influência do fenômeno climático La Niña O inverno começa às 17h51 desta...
PPGTurismo UFPR recebe destaque no 18º Fórum Internacional de Turismo do Iguassu
Evento realizado na UNIOESTE de Foz do Iguaçu reconheceu a UFPR com o maior número de aprovações entre...