Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

LEC/UFPR participa de curso sobre desencalhe de grandes baleias

Durante os dias 5 e 6 de junho, a equipe técnica do Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC) e coordenadora do PMP-BS pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) participa do curso de desencalhe de mamíferos marinhos na costa sul do Estado de Santa Catarina. O evento é organizado pela Área de Proteção Ambiental Federal da Baleia Franca (APABF/ICMBIO) em Imbituba, Santa Catarina. 

O curso visa  a revisão e organização do  Protocolo de Encalhes e Enredamentos de Mamíferos Marinhos da APABF para o atendimento em toda a extensão desta Unidade de Conservação, bem como padronizar as ações com as instituições parceiras que atuam em Santa Catarina e em outras regiões.

Da equipe PMP-BS/UFPR participam do treinamento e simulado a coordenadora Camila Domit, o responsável técnico veterinário e especialista em reabilitação de animais marinhos Fábio Lima e a gerente do projeto Liana Rosa.

Para a coordenadora Domit, a participação do laboratório no evento é essencial para revisão de protocolos e fortalecimento da equipe que deverá regionalizar os procedimentos e organizar as estratégias para o plano de atendimento no Paraná. “Nossa equipe conta com boa experiência nestes atendimentos, mas o treinamento nos permite atualizar procedimentos e retornar ao Paraná para atualizar e colocar em prática o protocolo regional”, comenta. 

As principais causas de encalhes de animais marinhos estão associadas a fatores naturais ou devido à ação humana como o enredamento em artes de pesca, colisões com embarcações e poluição. Ao encontrar animais marinhos debilitados ou mortos nas praias paranaenses é possível acionar a equipe do PMP-BS/Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC) do Centro de Estudos do Mar (CEM) da UFPR pelo 0800 642 33 41 ou pelo whatsapp (41) 9 92138746.

PROTOCOLO PARANAENSE DE ATENDIMENTOS 

O Paraná conta com o PRAE – Protocolo de Atendimento a Encalhes de Animais Marinhos no Litoral do Paraná – que integra e organiza as ações de diversas instituições para atuarem em rede, trabalhando de forma coletiva para atender a fauna marinha no estado desde 2018.

São prefeituras, instituições públicas e privadas, além de algumas do terceiro setor que compõem a rede. A iniciativa foi da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), do Instituto Água e Terra (IAT) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). 

Esse documento traz as responsabilidades de todos os órgãos governamentais do estado do Paraná com relação ao atendimento de encalhe. O PRAE é um guia para os casos de encalhe, abordando os papéis das instituições desde a avaliação de animais vivos ou mortos que encalham na praia até o encaminhamento deles para reabilitação com atendimento médico veterinário, ou mesmo a destinação das carcaças.

O médico veterinário do PMP-BS/UFPR, Fábio Lima, destaca a importância do PRAE e completa que o curso agregará na atuação da rede de encalhes paranaense. “Após este treinamento será importante atualizar a equipe local e garantir efetividade para os atendimentos futuros”, comenta o veterinário. 

SOBRE O PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O LEC/UFPR monitora o Trecho 6 (Paraná), compreendido entre os municípios de Guaratuba e Guaraqueçaba.

Por Ana Istschuk, assessoria do LEC/UFPR.

Sugestões

Ações de divulgação científica da UFPR são apresentadas em encontro internacional na Espanha
As atividades de divulgação científica da Universidade Federal do Paraná (UFPR) foram apresentadas, esta...
Programa Startup Garage UFPR está com inscrições abertas
A Universidade Federal do Paraná (UFPR) por meio da Superintendência de Parcerias e Inovação (SPIn) em...
Na linha de frente da ação climática, comunidade global prioriza os alertas precoces para todos
Comemorado em 23 de março, o Dia Meteorológico Mundial foi instituído pela Organização das Nações Unidas...
Simepar prevê outono ameno, com veranicos, nevoeiros e geadas pouco frequentes
La Niña resfria as águas do Pacífico Equatorial O outono tem início à 0h06 desta quarta-feira 20 de...