Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Jornalistas da SUCOM apresentam resultados sobre divulgação científica da UFPR em evento internacional

Um grupo de jornalistas servidoras técnico-administrativas da UFPR apresentou, na última sexta, resultados sobre a divulgação científica realizada institucionalmente durante a pandemia de covid-19. Os dados se referem a conteúdos com mais de quatro mil acessos registrados desde março e revelam a importância da atividade jornalística como processo de mediação entre instituição científica e sociedade. A Superintendência de Comunicação e Marketing (Sucom) vem trabalhando ativamente na divulgação científica, articulando-se também à necessidade de se pensar a comunicação como ferramenta para a promoção da saúde em um período de incertezas. 

O trabalho, intitulado “Desafios da Comunicação Pública e Científica na Promoção da Saúde”, foi apresentado no I Seminário Internacional sobre Violência, Tecnologia e Saúde em tempos de covid-19, que contou com programação interdisciplinar, organizada pela Rede de Mulheres Empreendedoras e Líderes da UFPR e pela Universidade Federal do Ceará (assista aqui). As jornalistas da SucomAmanda Miranda, Camille Bropp Cardoso e Jéssica Vitória Tokarski Mazeto reuniram e interpretaram analiticamente 16 notícias veiculadas entre março e agosto com as palavras-chave covid-19 e coronavírus. Entre os temas de destaque, identificaram assuntos com viés utilitário e com informações públicas apresentadas de forma acessível. 

A pesquisa trouxe como principais referenciais teórico discussões sobre comunicação pública e divulgação científica, dois conceitos do campo da comunicação que se relacionam diretamente à prática realizada nas unidades de comunicação das universidades públicas. A ideia do trabalho, além de apresentar casos de textos que viralizaram pela necessidade de informação em meio a uma crise sanitária, foi reforçar o papel emancipador do jornalismo e sua função de mediação para o fortalecimento da cidadania. 

 

Notícia produzida pela Sucom repercutiu na mídia nacional (Reprodução)

 

Durante o evento, Jéssica apresentou também um caso em que a comunicação da UFPR conquistou espaço na mídia nacional com a pesquisa sobre testes rápidos de detecção de covid-19, realizada pelo professor Luciano Huergo, da UFPR Litoral, e exibida no Jornal Nacional, da Rede Globo. Ela lembrou que o assunto despertou a atenção pois atinge todos os segmentos da sociedade. Camille destacou outro conteúdo que viralizou ao trazer modelos matemáticos para a interpretação da pandemia, o que transformou os pesquisadores em fontes constantes da agenda midiática. Amanda apresentou o caso de uma das notícias mais lidas da pandemia, com mapas sobre o avanço do número de casos por região, em notícia veiculada logo no início da crise. 

Além do trabalho apresentado pela equipe da Sucom, a mesa também trouxe artigos com os temas “Educação em Saúde de puérperas em alojamento conjunto: um relato de experiência” e “Ensino e aprendizagem no período da pandemia de covid-19: relato de experiência em gestão e produção da construção civil” 

Saiba tudo sobre as ações da UFPR relacionadas ao coronavírus

Sugestões

Téssera Companhia de Dança da UFPR inicia temporada do espetáculo ”O Cubo”
A Téssera Companhia de Dança da Universidade Federal do Paraná (UFPR) convida para a temporada do espetáculo...
UFPR recebe patente por sensor de vapor de etanol e metanol presentes na atmosfera
Pesquisadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR) receberam a concessão de carta-patente concedida...
Periódico “Sândalo” foi inspirado na experiência da Revista X, do curso de Letras da UFPR
Em 2021, foi firmado o acordo de internacionalização entre a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e...
Desinfestação de fungos em livros fundiários do Incra é realizada na UFPR
O Laboratório de Geoprocessamento e Estudos Ambientais (Lageamb) em parceria com o Laboratório de Gestão...