Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Festival de Cinema Universitário exibe documentário de egressa da UFPR sobre maternidade no cárcere

O documentário “Além da Algema” é fruto do trabalho de conclusão de curso (TCC) de Kathleen Varela, que concluiu a graduação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em dezembro de 2021. A produção foi selecionada para o Folia – Festival de Cinema Universitário. O evento começou na última quinta-feira (4) e segue até domingo (7) no Cine Teatro São Joaquim, em Goiás. 

A filmagem retrata memórias da maternidade vivida por mulheres durante o período em que estiveram privadas de liberdade. A egressa deu vida ao projeto movida pelo desejo, que há muito a acompanha, de trabalhar com temáticas relacionadas a gênero, à justiça social, aos direitos humanos e à maternidade. “Meu interesse pelo sistema penitenciário é antigo”, afirma.

A vontade de investigar o tema e ouvir mães que gestaram seus filhos reclusas nasceu na época da escola. “No ensino médio, fiz trabalhos sobre o assunto. Então, desde o início da graduação, sabia que meu TCC seria sobre isso”, relembra. 

O documentário em curta-metragem tem duração de 25 minutos e foi gravado no ano passado em Curitiba. O audiovisual aborda a história de quatro ex-detentas – Amália, Bruna, Juliana e Suelen. Por meio de memórias das personagens, Kathleen construiu a narrativa.

Suelen Cristina é uma das mães entrevistadas em “Além da Algema”. Ela tem duas filhas, Kemilly e Isadora. Foto: Kathleen Varela

Sob orientação da professora Valquíria John, do Departamento de Comunicação (Decom) da UFPR, a jovem de 24 anos conversou com o grupo para compreender a realidade das mães encarceradas, e os desafios por elas vividos – a gestação, o parto, o pós-parto. A discussão sobre as consequências da maternidade no cárcere e sobre a violação de direitos fundamentais e sociais nesse contexto também é proposta pela autora.

“É preciso colocar luz sobre as pessoas que são invisibilizadas pela sociedade. E meu papel, nesse documentário, foi amplificar a voz dessas mulheres-mães. Porque elas estão gritando e se movimentando. Muitas participam ativamente de movimentos de apoio aos familiares de presos e que buscam por melhores condições e dignidade para quem está privado de liberdade”, pontua a jornalista.

Folia 2022

O festival vai exibir mais de 30 curtas e promover debates, palestras e oficinas. Quatro prêmios serão distribuídos na Mostra Competitiva, nas categorias melhor curta e melhor direção (júri oficial), melhor curta (júri jovem) e melhor curta (júri popular). 

A produção de Kathleen, com classificação indicativa para maiores de 14 anos, será exibida nesta sexta-feira (5), às 19h, no Cine Teatro São Joaquim. A programação completa está disponível no site do Folia. Mais informações na página do festival no Facebook.

Assista ao documentário, disponível no YouTube

 

Foto de destaque: Ahmed Gomaa – Pixabay

Por Felipe Reis

Sob orientação de Bruna Bertoldi Gonçalves

Sugestões

Projeto de Extensão da UFPR realiza podcast mensal; saiba mais
O Eduquê é um podcast mensal que promove a partilha de conhecimento qualificado por ativistas e acadêmicos...
Evento Saúde Mental e Trabalho: diretrizes para a construção de uma política pública
Nos dias 13 e  14 de junho foi realizado o Evento Saúde Mental e Trabalho: diretrizes para a construção...
Projeto de Extensão do Curso de Medicina da UFPR realiza cirurgias em Guaraqueçaba
O projeto conhecido como Cirurgilhas visa proporcionar acesso a cirurgias ambulatoriais para a população...
UFPR participa da 2ª Jornada da Natureza no estado do Paraná
Entre os dias 3 e 7 de junho aconteceu em diversos locais do estado do Paraná a 2ª Jornada da Natureza....