Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

Equipamento para radioterapia no CHC-UFPR traz ganhos para áreas assistencial e de ensino

Com instalação de acelerador linear, hospital passa a oferecer tripé completo de tratamento para pacientes oncológicos.

O Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (CHC-UFPR), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), iniciou no mês passado um serviço de radioterapia, destinado a pacientes oncológicos, com a instalação de um acelerador linear.

A instalação do acelerador linear é o resultado de uma série de gestões feitas pelos profissionais do hospital, que incluíram o HC no Plano de Expansão da Radioterapia (PER-SUS), do Ministério da Saúde, que doou o equipamento avaliado em R$ 3,5 milhões. Com investimento próprio de R$ 1,3 milhão o Complexo realizou reformas na área onde funciona o novo serviço, que entrou em funcionamento com a autorização da Comissão Nacional de Energia Nuclear.

A Superintendente do CHC-UFPR, Claudete Reggiani, destacou a importância do novo Serviço: “É mais um passo importante do Complexo em prol da qualidade do ensino e da assistência. Os pacientes passam a contar com toda a linha de tratamento oncológico: cirurgia, quimioterapia e radioterapia, com um equipamento de ponta. E os estudantes terão contato com a alta tecnologia e mais uma linha de tratamento da doença.

Os aceleradores lineares são equipamentos de alta tecnologia emissores de radiação ionizante que permite atacar o DNA, direta ou indiretamente, e ocasionar então a morte das células cancerosas. Luiz Renato Carazzai, Gerente de Atenção à Saúde do Complexo, ressaltou que em combinação com outros tratamentos como cirurgia e quimioterapia, a radioterapia maximiza a eficácia do tratamento e permite que o CHC-UFPR se torne um Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon), oferecendo aos pacientes a linha completa de atendimento oncológico.

Jane Teresinha Stival, Chefe da Divisão da Gestão do Cuidado do CHC-UFPR, destaca ainda a importância do Serviço em relação à qualidade da equipe: “além de toda a estrutura física, o paciente contará com profissionais altamente capacitados, ampliando ainda o acesso dos pacientes a tratamentos essenciais e a integração do Complexo com a Rede de Atenção à Saúde”.

O chefe da Unidade de Hematologia e Hemoterapia do HC, Samir Kanaan Nabhan, disse que as atividades com o acelerador começaram há quatro semanas e apontou os principais impactos para o seu setor. “O HC tem um serviço importante de transplante de medula óssea e os pacientes precisam fazer um procedimento chamado irradiação corporal total. Com o aparelho dentro da instituição, conseguimos oferecer este serviço para nossos pacientes, sem necessidade de deslocamento de ambulância para outras instituições da cidade”, explicou. Segundo ele, numa segunda fase, o equipamento será usado por pacientes com outros tipos de tumores.

A médica rádio-oncologista Gabriela Scalco Munro explicou que, em conjunto com a quimioterapia e a cirurgia, a radioterapia faz parte do tratamento necessário a pelo menos metade dos pacientes oncológicos. Segundo ela, atualmente o serviço tem capacidade para atender 60 pacientes por dia. “O objetivo do uso da radiação é causar danos às células tumorais, em especial ao seu DNA, para que elas não sejam mais capazes de se multiplicarem e assim sejam encaminhadas para o processo de morte celular”, explicou a especialista.

Esse modelo de tratamento é aplicável em diversos tipos de tumores e podem ser usados juntamente à quimioterapia, proporcionando um efeito ainda mais eficaz, dependendo é claro, da gravidade da doença. Vale lembrar que o tratamento feito por radioterapia ou radiocirurgia age diretamente no tumor sem precisar de cortes, garantindo ainda mais conforto e menos efeitos aos pacientes.

Sobre a Ebserh

O CHC-UFPR faz parte da Rede Ebserh desde 2014. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.

Com informações da Comunicação do CHC-UFPR

Sugestões

Projeto de Extensão da UFPR realiza podcast mensal; saiba mais
O Eduquê é um podcast mensal que promove a partilha de conhecimento qualificado por ativistas e acadêmicos...
NC/UFPR promove encontro de elaboradores de provas para concursos e processos seletivos
Cerca de 140 pessoas participaram, no último domingo (16), do “Encontro de elaboradores de prova”, realizado...
Simepar prevê inverno com pouca chuva, altas temperaturas e rápidas ondas de ar frio; saiba mais
Todo esse fenômeno será sob influência do fenômeno climático La Niña O inverno começa às 17h51 desta...
PPGTurismo UFPR recebe destaque no 18º Fórum Internacional de Turismo do Iguassu
Evento realizado na UNIOESTE de Foz do Iguaçu reconheceu a UFPR com o maior número de aprovações entre...