Imagem Padrão

Campi avançados da UFPR realizam testagem em assintomáticos

05 fevereiro, 2021
09:43
Por
Ciência e Tecnologia

No Setor Litoral da UFPR 88 pessoas da comunidade acadêmica realizam os testes para detectar o material genético de coronavírus.

Os campi da Universidade Federal do Paraná localizados em Jandaia do Sul e em Toledo e os Setores Litoral e Palotina realizaram a testagem de assintomáticos nesta semana. No total, 460 alunos, técnicos administrativos, professores e terceirizados foram testados para detectar coronavírus (SARS-CoV-2).

O teste realizado é do tipo RT-PCR, que detecta o material genético do vírus. As amostras foram trazidas para Curitiba e estão sendo analisadas no Setor de Ciências Biológicas.

Coletas

As testagens foram feitas no dia 2 de fevereiro. Em Palotina, 215 pessoas cadastradas realizaram o exame gratuitamente. Em Toledo, os testes foram realizados em 83 pessoas, entre servidores, alunos e colaboradores do Biopark (onde o campus funciona). No Setor Litoral foram realizados 88 testes e em Jandaia do Sul foram 74 coletas.

Testagem

A testagem nos Campi avançados e Setores da UFPR fora de Curitiba integra um estudo coordenado pelos laboratórios de Imunogenética e Histocompatibilidade (LIGH) e de Citogenética Humana e Oncogenética (LabCHO). O objetivo é identificar pessoas contaminadas como medida para evitar a propagação da doença.

Saiba mais sobre testagem em assintomáticos na UFPR.

Clique aqui para acompanhar as ações da UFPR de combate ao coronavírus.

 

Sugestões

18 julho, 2024

Cartazes e panfletos resultantes da parceria de projetos de extensão serão apresentados em evento aberto à comunidade nesta sexta-feira (19) no Campus Jardim Botânico, em Curitiba.

18 julho, 2024

Respeitada a disponibilidade orçamentária institucional, a Prograd pode disponibilizar até 500 vagas de monitoria, das quais 100 serão reservadas à modalidade Fluxo Acadêmico.

18 julho, 2024

A Universidade Federal do Paraná (UFPR), através da rede Coalizão Paraná pela Década do Oceano, em parceria com […]

17 julho, 2024

Pesquisadores do C3SL e do VRI vão trabalhar com IA sobre o arquivo histórico da Academia de Ciências de Berlim-Brandemburgo.