Logo UFPR

UNIVERSIDADE
FEDERAL DO PARANÁ

“Abril indígena” deste ano disponibiliza atividades culturais online

Programação anual promovida pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), “Abril indígena” terá todas as atividades realizadas online neste ano devido à pandemia do novo coronavírus. A ideia é disponibilizar atividades culturais que destaquem a importância da comunidade indígena para as diversas esferas da vida social, além de reforçar a importância dentro da Universidade. Ao longo do mês, uma série de materiais, especialmente vídeos sobre o papel e a influência da cultura indígena na UFPR, serão disponibilizados online nas redes sociais neste link, aqui e neste perfil.

Para valorizar a agenda cultural e política dos povos indígenas, foram convidados artistas, intelectuais, lideranças políticas, curadores de museus e estudantes. A intenção é que, com a ajuda da internet, a campanha possa ser divulgada para além dos muros da Universidade. O vídeo inaugural foi feito por Jaider Esbell, artista e curador macuxi, que fala da necessidade dos museus e das universidades abrirem suas portas para que as populações indígenas possam se reencontrar com os feitos de seus antepassados e a partir disso propor novos caminhos.

Para a diretora e etnóloga indígena do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE-UFPR), Laura Pérez, o Abril Indígena deve, além de dar visibilidade aos estudantes indígenas da UFPR, abordar problemas e conquistas desta comunidade. “É uma luta com vários desdobramentos. Estamos tentando propiciar conhecimento sobre os povos indígenas. Queremos ajudar a quebrar os preconceitos e mostrar a riqueza cultural desses povos. Esperamos que nessa campanha possamos aprender deles e com eles”.

Ainda segundo a etnóloga, a Universidade precisa promover o respeito à diversidade cultural. “O MAE se envolve com as populações que os acervos se referem, convida e colabora com convidados em projetos de extensão e em eventos acadêmicos. Produzimos materiais lúdicos e pedagógicos para nível escolar, focando em promover o conhecimento e ressaltar a diversidade cultural e social”.

Comunidade pode colaborar com materiais

Para reiterar o apoio da UFPR às agendas dos povos indígenas, o convite está aberto para quem quiser colaborar e trazer suas ideias para a campanha. Outras instâncias da UFPR e demais setores da comunidade externa também estão convidados, podendo entrar em contato através do e-mail mae@ufpr.br, que centralizará a recepção das atividades propostas, organizadas coletivamente pelos parceiros.

A iniciativa do Abril Indígena deste ano é fruto de uma parceria entre o Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE-UFPR), o PET Litoral Indígena e o Núcleo de Estudantes Indígenas, com o apoio da Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade (Sipad-UFPR).

Por Breno Antunes da Luz
Sob supervisão de Chirlei Kohls
Parceria Superintendência de Comunicação e Marketing (Sucom) e Agência Escola de Comunicação Pública e Divulgação Científica e Cultural da UFPR

Sugestões

Museu paranaense de ciências forenses recebe a UFPR para visita técnica
Grupo de pesquisadores em Divulgação Científica da UFPR conhecem o Museu Paranaense de Ciências Forenses A...
UFPR sobe e está entre as 3,7% melhores instituições do mundo
A Universidade Federal do Paraná (UFPR) está entre as melhores do mundo na edição 2024 da lista global...
Vídeo da UFPR no Instagram viraliza e atinge 1 milhão de visualizações
Um vídeo publicado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em seu perfil oficial no Instagram alcançou...
Cenacid UFPR presta apoio para avaliar áreas afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul
Uma equipe do Centro de Apoio Científico em Desastres (Cenacid) da Universidade Federal do Paraná (UFPR)...